Dia Internacional das Crianças Desaparecidas

A celebração da data teve origem no facto de no dia 25 de maio de 1979 ter desaparecido Ethan Patz, uma criança de 6 anos de Nova Iorque que nunca foi encontrada. Nos anos seguintes, pais, familiares e amigos reuniram-se para assinalar o dia do seu desaparecimento e, em 1986, no dia 25 de maio, o ex-presidente dos Estados Unidos da América, Ronald Reagan, decidiu dedicar o dia a todas as crianças desaparecidas.

O objetivo da mobilização é chamar atenção de toda a sociedade, incluindo profissionais de assistência social, saúde e educação, sobre a gravidade do problema no país e a necessidade de criação de medidas de prevenção e de atuação nos casos de desaparecimento de crianças e adolescentes.

Segundo a Delegacia de Pessoas Desaparecidas do Estado de São Paulo, apenas em São Paulo são registrados anualmente, em média, 9 mil desaparecimentos de crianças e adolescentes de até 18 anos. Desses casos, cerca de 16% são pessoas com deficiência. Já no Brasil, por ano, desaparecem por volta de 40 mil crianças e adolescentes.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.